Todos os posts de dandoumpulo

Lago Titicaca

Lago Titicaca, o lago navegável mais alto do mundo!

Seguem algumas imagens que fizemos quando navegamos pelo Lago Titicaca (fronteira entre Bolívia e Peru), no trajeto entre Copacabana e a Isla del Sol. É considerado, em volume d’água o maior lago da América do Sul.

Seu nome Titiqaqa vem do quéchua, um dentre muitíssimos outros dialetos e idiomas falados na região, assim como o aymara, porém não se tem uma tradução exata deste termo. Utilizando os significados no aimará e quíchua chegou-se a uma expressão próxima de “Pedra do Puma”.

Continuar lendo Lago Titicaca

Anúncios

Salar de Uyuni

Maior planície de sal do mundo, com mais de 10500m² de extensão, estando acima dos 3500m de altitude (mais alto que qualquer região do território brasileiro). Uyuni é um lugar mágico! Único na Terra. Citado pela jornalista Sônia Bridi como o lugar mais fantástico do planeta e, de fato, ele foi uma das nossas maiores motivações para realizar o nosso primeiro mochilão. O que não esperávamos é que veríamos tantos outros lugares tão surpreendentes quanto ele, em suas diferentes belezas naturais!

Nadando com Lobos Marinhos no Peru

Uma das coisas mais emocionantes que pudemos fazer no Peru foi nadar com lobos marinhos em El Callao, mais precisamente nas Islas Palomino. É algo pouco conhecido entre os turistas, muito provavelmente para que não haja uma alta exposição e o passeio possa ser proibido.

Continuar lendo Nadando com Lobos Marinhos no Peru

Ocarinas da Casa Concha (Cusco)

A ocarina é um instrumento de sopro globular feito, geralmente, de porcelana, terracota, madeira ou pedra. Pertence à família das flautas e é um dos instrumentos musicais mais antigos do mundo. Estima-se que a mais antiga já encontrada data de 12000 anos atrás, da cultura maia. Continuar lendo Ocarinas da Casa Concha (Cusco)

Sobre…

Por que apenas um pulo por aí? Como página de viagens, essa não deveria ser a história de um casal que larga tudo para explorar o mundo? Para nós, não. Não temos aquele impulso de comprar só a passagem de ida. Como diz o protagonista do filme/livro “Na natureza selvagem”, a felicidade só existe quando é compartilhada. E é por esse desejo de dividir experiências que queremos sempre voltar.

San Jose del Maipo (Chile)

Somados aos dias concretos de viagem pela América do Sul, temos a experiência de pesquisas, leituras, filmes, para conhecer melhor cada um dos nossos destinos, além dos momentos de reflexão sobre as viagens feitas – ao total, mais de 2 anos de espírito mochileiro. Somos viajantes mesmo quando estamos no meio da correria diária para pagar as contas, economizando o que podemos para as próximas aventuras. Nossa vontade é mostrar que viajar de mente aberta para conhecer paisagens, culturas e pessoas – independente do tempo, dinheiro e do nível de conforto – é sim uma experiência possível. Basta perder o medo e pegar o impulso para dar um pulo…