Huaraz – O Peru que poucos conhecem

Huaraz é um lugar até que pouco visitado por brasileiros no Peru. Aliás, os peruanos reclamam que os turistas brasileiros e japoneses só vão para Machu Picchu ou, no máximo, até Nazca. Alegam que os outros locais são desconhecidos, perigosos ou que não valem a pena. Bom… isso é o que vamos ver!


Acreditem… a região de Huaraz é tão bonita e pode impressionar até mais que as ruínas incas do vale sagrado dependendo de onde e como se vai. A própria cidade de Huaraz já é agradável e lá se respira um baita ar das montanhas (é alto!).

No nosso caso, fomos de ônibus em uma viagem de algumas horas partindo de Trujillo, após dois dias em Huanchaco, no litoral. Por aqui pudemos conhecer lugares fenomenais como Llanganuco, Laguna 69 (um baita trekking), Pastoruri, Yungay…

Na hora de fazer os passeios ou contratar agências, fique atento e pesquise. Apesar da diferença de preço, os turistas de diversas agências compartilham o mesmo transporte e guia, inclusive se tiverem pagado um pouco a mais pelo serviço.

  • Ficamos no Hostel Alpa-K Montañero – Parque Ginebra 30-B, Huaraz, por aproximadamente 10U$ por dia. Tudo valeu a pena! Local tranquilo e agradável, atendimento excelente (o dono, aliás, é um francês muito gente boa que pode te ajudar na hora de conseguir agências e dicas) e um café da manhã caprichado!!!
  • Cuidado com alguns tours, pois alguns levam muitos peruanos que querem parar pra fazer ‘comprinhas’ que não são nada interessantes. Aliás, em janeiro é época de baixa temporada em Huaraz e quem viaja muito por lá são os peruanos, na maioria, gente muito simples.
  • Capriche no preparo físico para encarar o trekking da Laguna 69. São aproximadamente 15 km de subidas, zigue-zagues, terra úmida e caminhos confusos. O motorista que nos levou chegou até uma parte do caminho de van e depois disse: sigam por aqui, ali e ali… Sem mapa erramos várias vezes e no final só eu (Tück) e consegui chegar, com muito custo. Carina e três alemãs que foram conosco não conseguiram completar o caminho por muito pouco.
    Bom… o destino final vale muito a pena!!!
  • Cuidado com o frio, o vento e a chuva de neve e raios em Pastoruri… tirando isso é um baita passeio pra quem gosta de neve!
  • Vá até Yungay e conheça a cidade que foi toda soterrada por uma avalanche de proporções gigantescas em 1970. Mas prepare-se que o clima de tragédia é bem pesado (ainda mais se for em um dia de chuva, como fizemos…).
Anúncios

4 comentários em “Huaraz – O Peru que poucos conhecem”

  1. Que massa, Tuck!
    To indo pro Peru agora em junho, resolvi dar um bisû no seu blog pra ver umas dicas. Optei por ficar 10 dias por lá e curtir diversas localidades, além do Macchu Pichu. Pelas fotos e pelo relato, parece uma boa escolha!

    Abração

    Curtir

    1. Cara!!! Vai que é sucesso!!! Huaraz recebe muitos suíços e franceses que optavam ir pra lá por acharem até mais interessante que os próprios alpes. Torço por vc e pra que o sol esteja com você! hahhaha ele é sempre o melhor amigo do aventureiro kkkk…. ACho que você vai se apaixonar!!! E quando puder… conheça um outro planeta ainda mais louco… que é a Bolívia rss… aquilo não parece a Terra que conehcemos hahaha!!! Abraço!!!

      Curtir

E aí, o que achou? Diz pra gente!

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair /  Alterar )

Foto do Google

Você está comentando utilizando sua conta Google. Sair /  Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair /  Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair /  Alterar )

Conectando a %s