“Heredarás un mar que no conoces y lenguas que no sabes”

Heredarás un mar que no conoces y una lengua que no sabes (Alfonso Barrera Verde)

 

Comprado nas minhas passagens pelas bandas do Equador, este livro foi meu ingresso no universo literário deste país. E pela força do título (Herdarás um mar que não conheces e línguas que não sabes) pressupõe-se a qualidade da obra.

O romance (novela?) retrata a história de três filhos de uma senhora de vida humilde, na periferia de Quito. O narrador é um viajante sem rotas definidas, que instala-se, como hóspede, na vila da matriarca, e acompanha o desenrolar das tramas familiares.
A linguagem utilizada é forte, por vezes de difícil compreensão, mas casa com a história, que não segue um ritmo linear e nem se compraz em acompanhar a vida de um só protagonista. Construída como uma grande alegoria da vida equatoriana, é uma boa apresentação ao país.
#dandoumalida
Anúncios

E aí, o que achou? Diz pra gente!

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair /  Alterar )

Foto do Google

Você está comentando utilizando sua conta Google. Sair /  Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair /  Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair /  Alterar )

Conectando a %s